• Sabrina (5ºA) e Marco (5ºB)

Tudo de novo: é hora de Min!


E na roda da vida, onde tudo roda, cada final é um novo começo. Muitas descobertas, muitas transformações nesse mundo que não para! E a criançada se empenhou para resenhar esse livro incrível. Conheça Min e o tudo de novo! E já que estamos falando em coisas novas, a novidade é nossa primeira resenha bilíngue. Marco chegou ao Brasil faz pouco tempo, mas já começou a trabalhar.

Min e o tudo de novo

Este livro é como uma poesia, mas sem poema. Até as imagens são semelhantes a de um poema. Ele explica como é crescer, como é a dor depois que alguém morre.

Acho que para quem quer praticar Inglês é interessante, pois é um livro bilíngue. Confesso que peguei este livro para praticar meu inglês, pois nunca fui boa nesse idioma (sou melhor em Espanhol, Francês...). No começo, quando peguei este livro, achei que não ia gostar por ter Inglês, mas acabei adorando!

Sabrina M.

Min and the all over again

I would recomend it to someone, because it is intresting and very questionable.

There's something new every day. Something is changing every second and in that time something is being born or reborn. It can losing your tooth, a a sibling, your day at school and whole lot more.

Eu recomendaria esse livro a todos, pois é interessante e nos faz refletir.

Sempre há algo de novo. Algo ou alguma coisa está em transformação o tempo todo. A todo segundo algo nasce ou renasce. Pode ser perdendo um dente, um irmão, um dia na escola ou muito mais.

Marco

Ficha Técnica:

Autora: Liliane Oraggio

Ilustrações: Luda Lima

Editora: Pólen

Número de páginas: 36

Min e o Tudo de Novo é meu primeiro livro infantil, mas antes disso escrevi muito e muito. Na infância gostava de ler Monteiro Lobato e reimaginar as Reinações de Narizinho, repetindo as histórias muitas vezes para o irmão um ano mais novo ou para quem quisesse ouvir. Na adolescência o gosto pela leitura ficou mais forte com o estímulo do professor Manoel Cardoso, um sergipano que contagiava todos os alunos com seu amor pelos livros e pela escrita. Foi ele que me incentivou a fazer os primeiros poemas. Além de comentá-los, ainda indicava Drummond, Adélia Prado, João Cabral de Mello Neto para que eu pudesse sentir e comparar seus estilos. Na época, também lia dicionários! Isso mesmo, eu fiquei muito encantada com as milhares de palavras da Língua Portuguesa e queria conhecer todas elas, sem exceção. Chegou a hora de entrar na Faculdade. Fiz vestibular para Engenharia e também para Letras. Passei nos dois e decidi pelo caminho mais fácil: estudar Língua e Literatura, que já faziam parte da minha vida. No entanto, lá pelo segundo ano da faculdade, resolvi mudar para o curso de Jornalismo e lá me achei e comecei a trabalhar cedo, na minha área. Os doze primeiros anos, produzindo pautas e textos para telejornais diários, depois vieram os roteiros para vídeos, depois, finalmente, me encontrei escrevendo longas reportagens para revistas femininas e depois editando revistas inteiras. Tudo isso, aguçou a minha escuta e fui escutando, escutando e escrevendo escrevendo. Publiquei muitos livros para empresas e para outros autores, como ghostwritter. Veio o desejo de me tornar terapeuta, isto é, de me especializar em usar a escuta e as palavras para cuidar das pessoas.

Nunca parei de ler, sempre assisto aulas com professores de literatura, gosto de ouvir outros escritores falarem de suas obras, gosto de cinema, de livros que viraram filmes, de artes plásticas, de História Social e de escutar me próprio pulso e o de outras pessoas.

Min e o Tudo de Novo nasceu do desejo de juntar todas essas habilidades e dar corpo a uma história que mostrasse que todo dia nascem e morre muitas coisas e é que é isso que nutre nossa vida e nossa percepção. Min e o Tudo de Novo foi selecionado para a Flipinha 2016, a Feria Literária Infanto Juvenil de Paraty. Lá a história saiu o livro para ser contada oralmente para muitas crianças que ajudaram a recriar a narrativa, toda vez que respondiam as muitas perguntas do livro.

E essa brincadeira de escrever não tem parada, um livro puxa o outro e em breve mais uma história vai nascer...".

Liliane Oraggio

Meu nome é Sabrina M.. Tenho onze anos e gosto de ir para o cinema, sair, ir para o shopping comprar roupas, estudar, fazer artesanato, principalmente ler (pra mim é um conhecimento divertido e interessante). Gosto de ler romance, aventura e curiosidades. Gosto muito do Capitão Gancho (ele não é um vilão). O meu sonho, desde que eu tinha um ano de idade é ir para a França, em Paris. Amo tudo que é de lá! Quero trabalhar como visagista* ou atriz (francesa). Esqueci de citar que gosto de pintar, desenhar e escrever!

Sabrina M.

*Visagista: especialista (cabeleireiro, esteticista etc.) cuja técnica tem por objetivo valorizar a especificidade dos rostos.

My name is Marco. I am 10 yars old, born on May 15, 2007. What I like to do besides football is whatc Netflix. I like to read the The Who series, Nazi survvivers, rebels stories and The city of ember. My childhood right now is sas because my dad and life in America is now behind me. My dreams is to be the best football player af all time and to make football big in America.

Marco

Meu nome é Marco. Eu tenho 10 anos e nasci no dia 15 de maio de 2007. Além de jogar futebol, eu gosto de assistir Netflix. Também gosto de ler a série Who, histórias de sobreviventes da segunda guerra, histórias de rebeldes e a série de livros Cidade das Sombras. Minha infância agora é triste, porque o meu pai e a vida nos Estados Unidos ficaram pra trás. Meu sonho é ser o melhor jogador de futebol de todos os tempos e tornar esse esporte popular na América.

Marco


0 visualização