• Marcela e Isabela

Chuva de amigos


Amizade é uma coisa muito boa! Ter amigos faz a gente se sentir melhor, mais amado, mais humano. E cada amigo tem seu jeito. E falar de amizade é algo imprevisível! E nossas resenhistas, Marcela e Isabela, resenharam um livro e se emocionaram com ele. É hora de conhecer o (Im)previsível.

(Im)previsível

O livro é interessante, pois mostra a história de milhares de guarda-chuvas, cada um com um detalhe. Gostei, pois cada um com uma diferença.

A história não mostra pessoas, mas parece que são direcionadas para aquele tipo de pessoa tímida, medrosa, para pessoas alegres.

A história diz tanto em um pequeno livro! Este é para aquelas pessoas que gostam de ficar horas e horas falando sobre as emoções, como por exemplo o medo.

Espero que tenha gostado da minha resenha!

Marcela

Os amigos coloridos

Esse livro fala de amigos que não se separam nada. Eles são inseparáveis, são os melhores amigos. Você tem algum amigo assim? Vamos conhecer melhor esse livro.

Eles fazem competição para ver quem é o mais rápido, falam do gosto deles. As páginas estão organizadas em acontecimentos dos personagens. Afinal, você sabe quem são esses personagens? Se você não sabe, leia o livro!

Eu adorei esse livro, é muito legal e bem escrito, com imagens bonitas. É curto o livro para mim, mas compensa ler. Só alguns nomes dos personagens que me deixaram um pouco confusa em algumas partes. Eu também gostei das ilustrações. Tem algumas imagens que são bem detalhadas e outras menos, mas gostei de tudo. Eu amei fazer esse desafio! Meu nome é Isabela e eu adorei esse livro da Andréa Pelagagi.

Isabela

Ficha Técnica:

Autora: André Pelagagi

Editora: Motirô

Ilustrações: Luiz Zonzini

Número de páginas: 32

Vamos conhecer as nossas resenhistas e a autora?

Nasci em Juiz de Fora, cidade mineira do ladim do Rio de Janeiro, onde a gente fala com o "r" raspando na garganta. Por causa desse "r", implicaram comigo quando fui morar no triângulo mineiro e, mais tarde, também por causa desse "r", acharam que era era francesa, nas minhas visitas aos países vizinhos de América do Sul. O "r" fica marcado também no espanhol de turista. Olhando pra trás, acho seguro dizer que sempre gostei de aprender. Ainda é das coisas de que mais gosto. E dois dos meus jeitos favoritos de aprender são ler e viajar. Me formei em Relações Internacionais e Ciência Política e vivo há mais de dez anos em São Paulo. Há pouco tempo, virei também Portuguesa. Dupla cidadania. Resolvi ir à fundo na herança que minha avó materna me deixou e que é geneticamente inegável. Tenho sempre livros comigo. São bons companheiros. Lembro com carinho de alguns que marcaram o começo da minha vida de leitora: mais de um da Beatrix Potter, o Menino Maluquinho (do Ziraldo), História do mundo para crianças (do Monteiro Lobato), os almanacões da turma da Mônica (do Maurício de Souza), a Enciclopédia Barsa, As Brumas de Avalon (da Marion Zimmer Bradley), Senhora (do José de Alencar), Memórias Póstumas de Brás Cubas (do Machado de Assis), Vidas Secas (do Graciliano Ramos) e Assim Falou Zaratustra (do Nietzsche). Além de muitos poetas, quase todos de língua portuguesa. Isso foi até chegar aos doze anos. Continuo lendo bastante e sem distinção de gênero ou de faixa etária recomendada. E escrevo segundo este mesmo princípio da não distinção. São os textos que escolhem o que querem ser. Também continuo aprendendo o quanto posso em cursos aleatórios. Continuo viajando sempre que posso. Leio em média um livro por semana. Não tenho filhos. Acho que ainda sou bem parecida com a criança que eu fui. E quero viver 115 anos e sempre enxergar poesia.

Andréa Pelagagi

Marcela, 10 anos, gosto de brincar de pega-pega, gosto de brincar de boneca, gosto de jogar jogos na internet, olhar minhas redes sociais etc. Na escola gosto de ler gibis ou até mesmo um livro, pois na minha casa eu não tenho muitos.

Meus pais me apoiam muito e gostam de me dar muito carinho. Isso eu considero uma coisa boa da infância.

Eu sou uma menina muito sonhadora e sonho em ter um bom emprego, ser cantora, que o mundo melhore e que tenhamos menos violência.

Meu nome é Isabela, tenho 10 anos. Eu gosto de música e de cantar. Gosto de Kpop, que seria BTS e outros tipos de música. Minha leitura preferida é ler livros de famosos. A melhor coisa da minha infância foi conhecer os amigos da minha prima e o meu sonho é ser cantora.


48 visualizações