Sob o céu, inúmeros povos habitam esse nosso planetinha, buscando a felicidade e a realização de seus sonhos. Nessa semana comemoramos o Dia do Índio e  Tainá vai nos contar um pouco sobre essa riquíssima cultura. E como cultura e conhecimento não ocupam espaço, vamos conhecer um pouco mais do Japão e de Santos, pelos olhos dos seus pequenos habitantes. É um mundo iluminado pelos sonhos dessa criançada!  Vamos começar?

 

Cultura indígena

 

            Eu me chamo Tainá Aparecida Soares, tenho 10 anos, moro na comunidade de Guaraí, Nova Laranjeiras, no estado do Paraná, região Sul do Brasil, estudo na Escola Municipal do Campo Érico Veríssimo.

            Hoje quero contar sobre os indígenas do meu município. Nova Laranjeiras tem a maior Terra Indígena do nosso estado, nela há duas tribos os Kaigang e Guarani, com aproximadamente 3.500 índios.  As línguas faladas são Kaigang e Guarani, mas eles falam e entendem muito bem o português. A maioria das pessoas pensam que os índios, andam sem roupas e moram em malocas, mas quem pensa assim está enganado, a maioria deles andam com roupas de marca e moram em casas bonitas, que tem até aquecedor solar.

            Uma atividade indígena que chama muito a atenção é o artesanato, os índios são muito criativos e fazem peneiras que usamos para escolher feijão, filtro dos sonhos, balaios, arco e flecha, brincos, colares, pulseiras e enfeites para o cabelo, tudo feito com taquara trançada, penas coloridas e barbantes. Os índios fazem também pinturas no corpo, elas são usadas para festas de casamentos, homenagens aos seus antepassados, identificação das famílias e para guerras.

            Isso é um pouco da cultura indígena aqui da minha região, mas tem muito mais, em um próximo texto posso contar para vocês.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         E agora um pouco mais sobre o Japão. Tem tanta coisa pra gente descobrir por lá! Lucas, 10 anos, mora na cidade se Sennan, mas fala um pouco das coisas que tem no Japão como: o castelo de Osaka, começou a ser construído em 1583 e sua construção ficou completa em 1598, mas passou por varias passou por varias reformas por ter sido destruído pelas guerras e incêndios e em 1997 teve a sua última reforma concluída.

 

         Eu me chamo Lucas e tenho 10 anos. A cidade em que eu moro é Sennan, no estado de Osaka. Perto de casa tem o mar . Tem também o supermercado e o Festival Danjiri. Em Osaka tem o castelo de Osaka e o zoológico de Tennoji, que é especial. Em Tóquio tem a Disneylândia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         Meu nome é Isabel, moro na cidade de Tadaoka, que fica em Osaka. Em agosto, setembro, outubro e novembro, tem um festival que se chama Danjiri. A cidade de Tadaoka às vezes e silenciosa e às vezes barulhenta. Nesse período que é o verão no Japão há muitas queimas de fogos: Hanabi.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         E, para finalizar, Murilo nos conta um pouco sobre os problemas e as belezas de Santos.

 

         Santos tem violência e problemas mais ainda tem coisas legais como lindas praias, museus, parques, igrejas, aquários, zoológicos, animais lindos como cachorros, gatos, peixes, rios, lagos e lindas plantas. 

         Gosto da praia por ter um lindo mar e eu gosto dos museus por terem artefatos antigos. Gosto das igrejas pois dá para me comunicar com Deus.  

         O Orquidário é lugar de lindos animais, como pavões, macacos, corujas, araras e as cutias que podem correr livres em todos os espaços. Acho um pouco estranho os animais empalhados e os animais mortos que ficam dentro de um pote. Tem um bastão que imita o  barulho da chuva e até um pau-brasil, nome dado para um pau em brasa, do qual derivou o nome do nosso país. Lá dentro também tem uma pequena trilha pelas árvores, chamada trilha do Mel, brinquedos como balanço, pedras para escalar e um labirinto colorido. Amo minha cidade.

 

 

          Eu me chamo Murilo, tenho 9 anos e  neste ano vou fazer 10. Moro na cidade de Santos, gosto de livros de fantasia e gosto de jogar videogame. A minha infância é ótima e quando eu crescer quero ser cientista ou youtuber.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload