Que língua é essa?

20.10.2019

 

 

 

          Quem fala e quer escrever, precisa conhecer bem a língua. E não é aquela língua que prova o sabor doce do sorvete, mas aquela que registra os saberes, as sensações, as emoções de um povo. Maithê resenhou "A língua que a gente fala", o livro lindo de Socorro Lira, cheio de sons e musicalidade. Vamos ver o que ela descobriu?

 

 

Que língua é essa?

 

          Oiê, tudo bem? Sou a Maithê e hoje eu vou resenhar o livro A língua que a gente fala, este é um livro muito legal e interessante, porque fala sobre como começou a comunicação entre as pessoas. Gostei muito dele, porque as imagens são muito bem trabalhadas e com assuntos muito interessantes porque os desenhos foram criados e isso é muito bom, pois na minha opinião atrai bastante o leitor. Eu gostei muito do modo que a autora escreveu, tendo várias partes que são muito engraçadas, divertidas e muito mais. Queria dizer que como eu adorei este livro, espero que outras pessoas se interessem por ele também! ️ 

 

Ficha técnica:

Título: A língua que a gente fala 

Autora: Socorro Lira

Ilustradora: Silvana de Menezes

Número de páginas: 27 

Editora: IMEPH

 

 

 

            Vamos conhecer a resenhista e a autora?

 

          Oi, meu nome é Maithê, eu tenho 10 anos. Tenho duas irmãs de 14 anos, minhas cores preferidas são verde-água e roxo. Minha comida favorita é comida japonesa, os tipos de literatura que eu mais gosto são HQ e aventuras, meus esportes preferidos são skate e surf. Meus doces favoritos são beijinho, Nutella e Ovomaltine em creme.

 

 

            Maria do Socorro Pereira, Socorro Lira, nasceu na zona rural de Brejo do Cruz, sertão da Paraíba, Nordeste do  Brasil, no ano de 1974. É filha da artesã Benedita Pereira e do comerciante José Cassimiro Neto, conhecido por Zé Lira.

         É compositora, cantora,  instrumentista, poeta-escritora e produtora cultural. Graduada em Psicologia Social pela Universidade Estadual da Paraíba.
         Aos dezesseis anos, inicia-se ao violão como autodidata, vindo a estudar técnica violonística e introdução ao violão clássico no Departamento de Artes da Universidade Federal da Paraíba, em Campina Grande, com o Prof. Edilson Eulálio.

        Criou o Projeto Memória Musical da Paraíba. Sob essa inspiração, trabalha com artistas e grupos de cultura popular naquele Estado, tendo registrado manifestações populares e publicado quatro CDs da série e um documentário.

         Em 2010 lançou o CD Cores do Atlântico na Espanha (Liraprocult/Pai Musica, 2010), no formato livro-disco, cuja edição brasileira se deu em 2016 pela Latus Editora.

        Em 2016, participa da coleção Brinco e Canto, da Editora Melhoramentos, interpretando o CD Danças Brasileiras, no quarto volume da coleção.

     Além de manter uma agenda regular de shows no Brasil, já se apresentou em vários países dos continentes europeu, africano, asiático e latino-americano.

    Mais informações dessa artista incrível no site oficial de Socorro Lira, é só clicar no link abaixo:

 

 

 

http://socorrolira.com.br/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload