O PERISCÓPIO©

 

         A educação é um processo de vínculos e significados. Tornar o aprendizado estimulante e prazeroso é um desafio do século XXI, bem como a utilização de ferramentas tecnológicas como instrumento pedagógico. O Periscópio é um projeto que tem como objetivo promover o compartilhamento de culturas, a manutenção e a valorização da Língua Portuguesa, com o foco nas comunidades de imigrantes falantes dessa língua que estão fora de seu país de origem, a prática da escrita e sua função social e o estímulo à leitura em suas mais diversas apresentações e gêneros.

         Nossos objetivos são:

           - Desenvolver a leitura e a escrita através do estudo e da prática de diversos gêneros literários (resenhas, poesia, cordel, narrativas) de acordo com a faixa etária e escolar das crianças envolvidas.

             - Estimular a leitura em seus mais diversos formatos e gêneros, de forma a torná-la significativa para as crianças.

           -Oportunizar diversas manifestações artísticas e culturais que possam ser compartilhadas através da rede mundial de computadores, via o blog do projeto e seus canais de divulgação.

               - Promover o diálogo entre os falantes de Língua Portuguesa, principalmente os que estão fora de seu país de origem, a fim de preservar sua cultura e sua língua.

 

          O Praticutucá é um programa de TV voltado para as crianças brasileiras ou filhas de brasileiros, falantes de português como língua de herança, que tem como objetivo aumentar o senso de orgulho, identidade e consciência cultural através da arte.

          O projeto é idealizado e produzido por Rejane De Musis e Adriana Fernandes, direção de vídeo de João Vieira e direção musical de Ebinho Cardoso e realizado em parceria com SCATV - Somerville Community Access Television. O Praticutucá lançou seu programa piloto em Abril de 2016 que será e transmitido pelo canal SCATV e online através de redes sociais e site.

          A ideia do projeto surgiu  da sede e amor das idealizadores em realizar de ações práticas na comunidade que possam introduzir e ligar os jovens brasileiros às suas raízes e patrimônio cultural. O projeto irá abordar, apresentar e interpretar a diversidade do Brasil e também apresentar à comunidade de outras nacionalidades o Brasil existente na Nova Inglaterra. A abordagem será temática (cada programa terá um tema) que será apresentado como uma grande brincadeira, através de jogos para crianças, canções de diferentes partes do Brasil, contação de história, poemas.

          O Praticutucá é voltado para crianças falantes de português como língua de herança e acredita que pode beneficia-los, aproximando-os de suas raízes culturais com consistência. Além das crianças que assistirão os programas, o Praticutucá é também feito por um grupo de crianças que cantam, declamam, opinam e participam ativamente do programa, com voz ativa e pertencimento no processo de criação.

          A comunidade brasileira só ganha com um programa para suas crianças em sua língua mãe, pois não só apresentará sua língua nativa aos seus filhos como se sentirão representados, aumentando a sensação de pertencimento tanto ao país onde vivem quanto o Brasil, país de origem. Uma ação dessas com certeza aumentará a autoestima da comunidade brasileira na Grande Boston. Uma comunidade que sabe se conectar às suas raízes, também é capaz de valorizar outras comunidades e suas peculiaridades estimulando com isso um respeito mútuo.

        A Escola Projeto, de Porto Alegre/RS, nasceu do amor pelos livros, tanto que não abrimos mão da leitura em sala de aula e das idas diárias à biblioteca. Inaugurada oficialmente em janeiro de 1989, iniciou suas atividades, inclusive, com uma Feira do Livro. De lá para cá são trinta anos de um trabalho sólido e lindo com a literatura e com as demais manifestações das artes (teatro, artes visuais, música, dança), sem descuidar, é claro, de todas as demais áreas ou campos do conhecimento, que compõem a cultura escolar: as linguagens, as ciências, a matemática e o que costumamos chamar de vida em grupo.

        Nesses anos todos, muitos autores e autoras já passaram pela Projeto, já visitaram a nossa escola com seus livros e também com a sua presença física. Temos, a cada ano, um projeto que envolve todas as turmas, da educação infantil ao ensino fundamental I, crianças de 1 a 10/11 anos, nosso público, que culmina com a presença do autor(a) na escola e com uma Feira do Livro pra lá de especial. A leitura da obra desse autor ou autora é realizada durante um trimestre e muitas produções são realizadas a partir delas. O mesmo acontece com o projeto do(a) compositor(a) e do(a) artista visual, convidados(as) a cada trimestre.

      Somos uma escola construtivista. Acreditamos na interação entre as pessoas e com o meio no qual estão inseridas. Nesse sentido, elegemos algumas marcas que fazem a Projeto ser do jeito que é. Um espaço em que:

  • Aprender se dá de modos diversos e por caminhos nem sempre traçados anteriormente.

  • Cada pessoa é respeitada em sua singularidade e, juntas, produzem multiplicidades.

  • A formação à equipe pedagógica e administrativa acontece de forma sistemática.

  • A parceria com as famílias é necessária e fundamental.

  • A programação artística e cultural da cidade alimenta a possibilidade de a escola ser um espaço vivo e com vida.

      Estamos muito felizes em participar do projeto O Periscópio. Para nós é uma honra!

     Se você quer saber mais sobre a Projeto e sobre o nosso trabalho, acesse o site www.escolaprojeto.g12.br ou nos acompanhe nas redes sociais: Facebook/Escola Projeto – Instagram/Escola Projeto.