A arte milenar das dobraduras


Imaginem o quanto de conhecimento e sabedoria existem nas artes milenares. Imaginem como é delicioso passar isso para as gerações futuras para que não seja perdido. Agora, imaginem, unir a literatura e a arte milenar do origami que coisa mais linda seria. Seria? Não, é o livro lindo de Tereza Yamashita. Esse livro vem acompanhado de uma história (além da que ele conta). Recebi o livro e algum tempo mais tarde, quando demos inicio à Maratona de Resenhas eu abri o pacote no qual ele estava embalado. E qual não foi nossa surpresa quando junto com o livro vários tsurus vieram nos desejar sorte e alegrias! Uma surpresa emocionante para nós!

Agora é a hora de ler o que o nosso amigo Jean achou do livro. E que os tsurus continuem nos trazendo sorte e alegrias!


Carinho dobrado

Olá, você quer viajar comigo nessa cidade linda e geométrica ?


Dizem que a cidade das dobraduras foi fundada (criada) por um sábio amalucado que gostava da arte milenar (o que tem mil anos) do origami. Fugindo da guerra, ele fez sua primeira dobradura com um papel pequeno em seu bolso e nunca parou mais. Muitas pessoas querem descobrir aonde esse lugar maravilhoso fica, sem poluição, sem desigualdade social, sem crises econômicas e sem guerras. Um país em paz.